Estamos em novo endereço:
www.monolitospost.com

segunda-feira, 27 de junho de 2011

CORRAM QUE A POLÍCIA PODE VIR AI: VEREADORES OFICIALIZAM DENUNCIA DE DESVIOS DE RECURSOS EM QUIXADÁ!!!

Os vereadores Pedro Baquit, Antônio Wellington Xavier(Ci) e César Augusto protocolaram no Ministério Público uma série de denúncias que comprometem a administração do município de Quixadá.

Os parlamentares foram recebidos, na tarde desta segunda-feira, dia 27, pelo promotor de justiça Luiz Alcântara, que é o titular da PROCAP – Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública.

Segundo o Vereador Ci o promotor foi bastante acessível, e afirmou que analisará minuciosamente cada detalhe das denúncias elaborada, ele ainda pediu que todo e qualquer desvio de conduta fosse denunciado diretamente ao órgão pelos vereadores.

O vereador César Augusto disse que estava bastante satisfeito com a receptividade do titular da PROCAP, e que em breve novas denúncias seriam protocoladas.

Já o vereador Pedro Baquit ressaltou que a administração de Quixadá passa por um momento muito ruim, além de toda a desorganização e do caos administrativos, estavam chegando ao conhecimento dos vereadores e da população uma série de escândalos de corrupção envolvendo tanto o ex-prefeito Ilário Marques como o atual prefeito do município.

Além do Ministério Público os vereadores estiveram, também, no Tribunal de Contas dos Municípios onde entregaram uma cópia de todas as denúncias.

Uma das denúncias dos vereadores quixadaenses foi baseada numa reportagem veiculada no Sistema Monólitos de Comunicação onde foi mostrado que a prefeitura do município pagou quase 200 mil reais por umas gaiolas de peixes que nunca existiram.

Assista novamente a reportagem que deu origem a denúncia dos vereadores de Quixadá:



4 comentários:

  1. Até que enfim esses vereadores resolveram trabalhar.
    Agora precisa os promotores e a polícia trabalhar, que leva um monte de gente.
    Segura Ilário e Rômulo

    ResponderExcluir
  2. Você está em Economia

    Senador leva R$ 57 milhões da Petrobras sem licitação
    03 de julho de 2011 | 7h 29
    ESDADÃO
    AE - Agencia Estado
    MACAÉ (RJ) - Uma empresa do senador e ex-ministro Eunício Oliveira (PMDB-CE), a Manchester Serviços Ltda., assinou sem licitação contratos que somam R$ 57 milhões com a Petrobras para atuar na Bacia de Campos, região de exploração do pré-sal no Rio de Janeiro. Documentos da estatal mostram que foram feitos, entre fevereiro de 2010 e junho de 2011, oito contratos consecutivos com a Manchester.
    Os prazos de cada um dos contratos são curtos, de dois a três meses de duração, e tudo por meio de "dispensa de licitação", ou seja, sem necessidade de concorrência pública. Eleito senador em outubro, Eunício é presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), a mais importante da Casa.
    Cerca de R$ 25 milhões foram repassados pela Petrobras à Manchester em 2010, ano de eleições. A nove dias do segundo turno presidencial, por exemplo, Petrobras e Manchester fecharam um novo contrato - via "dispensa de licitação" e pelo prazo de 90 dias - no valor de R$ 8,7 milhões. Desde então, já no governo de Dilma Rousseff, novos contratos foram celebrados sem concorrência pública com a empresa do senador, entre eles um de R$ 21,9 milhões (de número 4600329188) para serviços entre abril e junho deste ano.
    A Manchester tem sede em Brasília, mas instalou filial em Macaé num sobrado de uma rua sem saída, a poucas quadras da sede da Petrobrás na cidade fluminense. A empresa é contratada para fornecer mão de obra terceirizada à estatal, incluindo geólogos, biólogos, engenheiros e administradores. A Petrobras confirmou os valores e a "dispensa de licitação" e informou que novos contratos foram feitos com a Manchester sem concorrência pública "em decorrência de problemas em processo licitatório". As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    ResponderExcluir
  3. francisco ferreira da silva-pio12 de julho de 2011 15:20

    Eu votei neste também, oh tão velho ainda não aprendie votar, a vida nos ensina muitas coisas possa ser que me ensine escolher os verdadeiros candidatos compromissados com o povo e não com o Dinheiro:

    ResponderExcluir